analise

Projeto SUPER: o que é?

Os primeiros períodos da faculdade não são nada fáceis, e são eles os principais responsáveis por definir a continuidade (ou não) do aluno na graduação. A deficiência na formação básica, a falta de contato com atividades ligadas ao curso e as questões socioeconômicas são fatores desestimulantes, que geram reprovações e, futuramente, possíveis evasões. Além disso, o surgimento de novos campos do conhecimento e a exigência das empresas por profissionais multidisciplinares podem desencorajar os graduandos de períodos mais avançados que tentam ingressar no mercado de trabalho. Para tentar diminuir o número de reprovações/ evasões nos  cursos de graduação em áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (Science, Technology, Engineering and Mathematics – STEM), a UFAM, em parceria com a SAMSUNG, desenvolveu o projeto SUPER.

Logo do Projeto “SUPER”

O SUPER é um projeto de capacitação e pesquisa que pretende executar ações de formação tecnológica e desenvolvimento de soluções inovadoras. O objetivo principal do SUPER é capacitar os alunos de graduação dos cursos envolvidos no projeto, em áreas tecnológicas, e foi formatado compreendendo todo o período de permanência do aluno na universidade, desde o currículo básico até a qualificação avançada específica: 

Capacitação Básica Comum: Abrange conhecimentos básicos comuns aos cursos envolvidos no projeto, tais como matemática, física, inglês técnico e habilidades socioemocionais.

Capacitação Básica Específica em Computação, Engenharia e Design: cursos de capacitação e aperfeiçoamento em fundamentos básicos das áreas de conhecimentos específicos (Computação, Engenharia e Design).

Capacitação em Áreas Tecnológicas Avançadas: oferecer aos estudantes oportunidades de participação em ações de qualificação e inovação em áreas estratégicas, resultando em desenvolvimento científico e tecnológico de alto impacto.

O SUPER está pautado em quatro perspectivas:

  • Do aluno: para poder assimilar uma formação avançada em tecnologia é preciso que ele tenha conhecimentos sólidos nas disciplinas básicas e técnicas dos períodos iniciais, além de conhecimento em inglês técnico e habilidades socioemocionais;
  • Do professor: precisam ser altamente capacitados e engajados no projeto, visando prover formação de qualidade e orientação técnica nos projetos;
  • Da infraestrutura: pensada para atender as demandas da capacitação com implantação e modernização de laboratórios para apoio à formação e desenvolvimento de projetos;
  • Da sociedade: receberá um número maior de profissionais capacitados colaborando com o desenvolvimento econômico do estado e com a diminuição do déficit de mão de obra.